Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007

lutar

 
  ****Lutar****
  Agora que encontrei o que realmente procurava não o que fazer, sinto-me tão perdida, dei conselho e ajudei a tomar decisões mas sou eu quem precisa da maior ajuda. De tal forma que sou tão humana quanto outra pessoa qualquer que nem sei como posso ser ajuda para alguém...parece que sou uma mera miragem num deserto sem fim. Sinto-me tão deslocada como desolada, sou idiota em acreditar e parva por desconfiar, nunca consigo acertar, parece que sou uma azarada por natureza.
  Saber que se é capaz de algo pode demorar muito tempo, de tal forma amamos desalmadamente como de seguida nos odiamos por ter acreditado num sonho.
  

publicado por Mystique** às 22:37
link do post | comentar | favorito
|

sonhos



  ****Sonhos****
 Os sonhos são a nossa maior fonte de energia, são o motivo da nossa força e da nossa insistência. Muitas vezes esquecidos em ruinas e pesadelos pois de um momento para o outros deixamos de ser os meninos com os sonhos mais belos do mundo. Crescemos e deixamos de acreditar nos sonhos que um dia nos tornavam inocentes, deixamos a pureza para jogar numa sociedade criada para nos aprisionar e nos tornar servos dela. Somos aquilo que os padrões da sociedade cria, somos moldados pela Elite que em nada é melhor que o comum dos mortais. 
  Aqueles sonhos que guiaram a nossa luz e nos tornavam quase imortais, sonhos que fizeram os homens criar a maior beleza do mundo, aquilo que até comove só de se olhar. Infelizmente onde há luz também reside a escuridão e num lapso o que o homem criou com numerosos sonhos depressa se torna um terrivel pesadelo.
  Podemos ser criadores do paraíso dos sonhos e do inferno do pesadelos, temos  o poder da luz e  das trevas e cabe ao homem conseguir equilibrar as forças.
  A balança que pretendemos controlar é muito frágil e se não cuidarmos bem dela podemos pagar o preço da desgraça.
  Os nossos sonhos são como uma flor frágil que merece o nosso maior cuidado para não morrer...


publicado por Mystique** às 10:23
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Pecado

 

  
    ****Pecado****
  Um dia acordamos para ver na situação em que nos encontra-mos, vemos a dor e tristeza e não recordamos os bons momentos como eles são na realidade. Lembramos que foram a causa da nossa dor e que nunca mais serão recordados como momentos felizes, serão a sombra de um passado que sempre nos irá atormentar. Verdade que são a causa da dor, são a maior perda do ser humano mas depois...mesmo nas maiores trevas que existem existe sempre uma cintilante luz que brilha sem parar, ela quer indicar a saída daquele lugar mórbido e mostrar como o mundo é tão belo.

  Como o humano é estúpido, em vez de agarrar a oportunidade sente-se ainda mais miserável por não ser capaz de deixar o passado e seguir. Trágico é sem dúvida o destino dos homens, somos amaldiçoados por sermos mortal mas o deuses invejam-nos pois sabem que vivemos cada segundo como se fosse o último, pois nenhum momento voltará a ser repetido.
  Doeu a queda, foram muitos momentos de felicidade que morreram, tantos que nem será possivel numerá-los, mas a vida é assim mesmo. Ser feliz num momento e no outro chorar desalmadamente, não podemos esquecer da nossa condição precária e dela que vivemos os melhores momentos.
  Quando pensamos que a nossa vida não passa de um trapo velho vêm alguém iluminado pela força da natureza e pela sua positiva energia de vida. Mais uma vez o ser humano e burro e volta a negar a mão que o tira do abismo e ele continua a cair de forma violenta.
  Confesso que sei o que é ser assim, deixar a oportunidade passar é tão deloroso como recordar o que já foi vivido, mas recusar a luz é simplesmente negar o direito à vida.  Abraçar a vida tal como ela é torna o homem mais forte e saudável, pois não é vida viver na sombra do passado. Bolas...será possível que no mundo não exista mais nada que valha a pena viver? Quanto tempo é preciso para recuperar de uma dor? Tem de haver vontade de viver, viver cada segundo como se ele representa-se a maior oferenda que os deuses deram.
 A dor, as lágrimas, a angústia fazem parte da nossa vida, elas são a grande parte da nossa vida...mas por um momento de alegria vale a pena sofrer milénios de solidão. Vale a pena viver...não se pode desistir da vida só porque a vida desistiu de nos ajudar, isso não é correcto. Temos que usar aquilo que temos como nossa maior aliada e conquista a "esperança", a maior qualidade do ser humano, tal como a sua tragédia. Não há pecado em amar, não há crime em falar de amor, não há censura em ser-se dócil, porque deixar que o mal destrua tal forma de Arte. Não existe maior arte que amar, é o amor que move a vida, move a força com que se vive, rege os sonhos.
  "Acredito numa simples filosofia...os espiritos vagueiam pelo espaço em harmonia e paz, quando chegam à terra e adquirem forma humana cada espirito é divido em dois. Normalmente estes espiritos têm formas de energia opostas, sendo que a sua missão é encontrar a sua metade no mundo efémero. Percorrem anos e anos, por vezes nem sempre completam a sua missão, possivelmente terão outras oportunidades, mas o facto de a vida ter um objectivo é o suficiente para perceber que ela tem muito valor. Encontrar a sua metade pode ser muito simples ou muito duro, por vezes podemos vê-la uma vez na rua, podemos viver com ela a vida toda sem o percebermos, podemos perde-la por estupidez...mas é a nossa missão encontrá-la pelo menos  uma vez, para sabermos que somos completos, existiu um motivo para o frio, a dor, a solidão que por vezes nos leva a loucuras. "
  Não há pecado em ser humano, em falhar e admitir a falha, muito pelo contrário isso é prova de maturidade. Pecar é uma palavra que não existe para quem sabe que lutou por aquilo e que acreditava, que não deixou de viver porque caiu e voltou a cair, para quem se levantou depois de tantas quedas e lutou de corpo e alma, não há pecado sem acreditar.


publicado por Mystique** às 22:21
link do post | comentar | favorito
|

pensamentos


****Novas fronteiras****

Ao som de musica que solicita algo mais a que a imaginação não pode compreender, ao som de um ritmo que provoca algo inesperado, ao respirar seguro numa noite de tempestade tropical...Tudo se conjuga para algo mais que a simplicidade humana. Cada movimento acompanha a tempestade que se aproxima, cada segundo torna o ar mais denso e mais sedutor. Como se resitir a algo que é simpesmente o fruto proibido, escapar de um desejo fugaz e inevitável e quase uma ideia insana. Tanta emoção num so momento, tanto pudor num só instante, tanta tentação num simples movimento. Cada relâmpago reflecte o poder de dominio, a chuva leve e pacifica conduz o tentado a um jogo simples recheado de novas sensações. Resistir a um instinto selvagem é quase negar o nosso mais básico instinto, negar o que nos dá mais deleito e luxúria, negar o nosso motivo de existência é culpar a nossa moral com algo que ela não compreende. Não exite pensamento, não existe cultura, não existe qualquer entendimento entre a nossa pureza animal e o homem social. Cada instante é uma eternidade, cada suspiro um antro de perdição, entre o relectir da mente e o juizo divino, jaz uma criação divina, aquilo que se torna insaciável e incontrolável. Controlar o poder do charme, enrolar-se em cetin purpúra e respirar seda transparente, aconchegar-se ao carente afecto que dorme esquecido. Místico ao ouvido de quem ousa descobrir novas fronteiras e novas aventuras para além da construção mórbida e terrivelmente humana. Ser básico é fundamental, ser-se um só uma vez na vida, não carregar o peso de consciência de um grupo rarefeito...guiar-se pela noite obscura entre pânico e desolação, criar o seu próprio caminho sem qualquer hesitação dos sentimentos que irão surgir, além de tudo não ter medo de descobrir um mundo de fantasias para além deste mundo solúvel.

****Sem controlo****
Aquilo que nos faz sentir sem respiração, sensação de desespero e de controlo, a massiva especulação e a trémula ansiedade. Sentimentos que nos ultrapassam quando sentimos algo novo, como se fosse uma nova vida a percorrer o nosso corpo e a libertar-lo de todas as energias negativas que o dominam. Se querer culpar os homens pelo seu pecado, posso compreender que a vida tem mais significado se for vivida para outra pessoa, ou melhor com outra pessoa. Como se o ar que respiramos se torna-se demasiado denso para poder passar as nossas vias respiratórias, tudo o que nos tinha tornado fortes nada é contra o sentimento supremo. Nenhum sentimento pode ultrapassar a vontade de se viver, nem os sete pecados mortais como os conhecemos. A leveza de cada toque torna-nos mais desejosos do próximo, cada movimento contrae o corpo humano, cada sensção arrastanos para uma delicia de aventuras e saudação. Nada somos sem este sentimento, há quem considere que sem ele não existia motivo para viver, tudo gira em seu redor, como se de um Deus se trata-se. Ninguém lhe pode escapar, nem mesmo o que se afundam em trevas, nem mesmo o que o sentiram mais que uma vez. Sem controlo possível, este sentimento arrasta-nos para um turbilhão de emoções onde tudo se mistura e se transforma, nenhuma força na terra o pode controlar. É um ser da natureza, selvagem e desafiador, vive entre os homens quer seja na cidade, no campo ou nos subúrbios...não existem poções para o combater, nem magia celta, nem a sabedoria dos Druidas ou o poder da Alquimia...nenhuma força na terra controla tal energia.

****Beleza ****
A beleza nunca caminha solitária tem como parceiros muitas outras qualidades. Que interessa ser-se belo se por dentro só se encontra o vazio, tem de haver uma semente que faça a belza ser o que é. Pode ser a paixão, o carinho, a inocencia, o valor...qualquer que seja a qualidade torna a beleza sempre diferente e interessante. A beleza nunca é eterna, especialmentos nos humanos que vivem jovens durante pouco, não importa a idade mas a juventude que se pode obter, essa juventude vem da nossa mente. Os sonhos, as aspirações, os desejos, todos estes factores dão um alento superior à beleza. Quanto mais brilhante formos na terra mais brilho terá a nossa estrela no espaço, pois cada ser vivo tem dentro de sí a semente de uma estrela e o brilho que obtermos na terra é o brilho que vamos obter nos céus. Cada sonho tem uma essência especial, como se fosse um Dom, todas as pessoas têm sonhos diversos e esses sonhos dão força para continuar quando ás vezes só nos resta um mundo de ruínas. Cada pessoa tem um Dom, mas tem de trabalhar muito para o descobrir é uma espécie de aprendizagem na vida, temos que deixar de ser criaturas de uma sociedade podre e sermos criaturas livres e recheadas de sonho bonitos. O Dom que se desenvolver acompanha essa pessoa para o resto da sua vida, mas ás vezes acontece que nem todas as pessoas descobrem o seu Dom...eu pelo menos ainda procuro o meu. A verdadeira beleza vem da mente das pessoas é verdade que por vezes a beleza fisica se conjuga com a beleza intelectual. Beleza de se presar vem do tipo de pessoa que enfrenta os problemas com um sorriso e que lida com a infelicidade com gentileza. Por vezes basta olhar para uma pessoa para se ver que ela irradia beleza, pelos movimentos, pelo modo de interpelar as pessoas, pela própria forma de vida. A vida é sem dúvida a maior prova de beleza e porquê desperdiçar tamanha beleza com lágrimas ou tristezas?

****Mulheres ****
 As mulheres são criaturas muito estranhas, mesmo eu sendo mulher por vezes não entendo certas atitudes. Por exemplo quando se fala em certos assuntos elas têm tendência a ficar incomodadas, mentem ou tomam atitudes que ninguém compreende. Tanto estão muito felizes como no momento seguinte senten-se miseráveis, sorriem com pouco e quando o fazem é tão belo como como um luar numa noite de verão. Por natureza são misteriosas e nunca se sabe o que elas são capazes de fazer quando desejam algo com muita intensidade. Inocentes ou manipuladoras, puras ou crueís, sedutoras ou simples...todas são especiais e diferentes uams das outras. São seres articulados com magia e poder de controlo que a maioria das pessoas não vê, um olhar, o perfume, a essência, as formas, tuda numa mulher é deslumbrante. A realidade é uma, as mulheres jamais serão um livro sem história, todas têm algo a segredar, seja bom ou mau, todas têm histórias de luta, poder e de vencer. Como pode um homem em plena rua deixar de se fascinar pela beleza de uma mulher? A resposta é tão simples, elas são assim mesmo, gostam de deslumbrar de sentir-se mulheres, gostam de cortar a respiração e de causar sensação. Não são um objecto de culto, não são deusas, sem simbolos sexuais, são simplesmente mulheres. São divinas, mas não imortais, têm pele de seda, cabelo suave, olhos expressivos, lábios marron, face de anjo, corpo sinuoso...como podem não ver que uma mulher é muito mais que aparência, ela é vida. Todas as mulheres deveriam compreender a sua importância, elas são as criaturas mais belas que já alguma vez foram concebidas.

****Orquideas ****
Renathera storiei é segura e sabe o que pretende, apesar de nem sempre as coisas saírem como ela pretende porque nem tudo na vida tem controlo.Vejo que a insegurança pode ser um demónio sedento, começar por vencê-lo é uma etapa ultrapassada. Não existe perfeição apenas existe uma imagem de perfeição que se torna uma miragem a partir do momento em que a alcançamos, pois queremos sempre mais e mais e tudo o que tivermos nunca será suficiente, seremos uns frustrados porque nunca estamos satisfeitos com nada. Pode ser visto como uma orquidea exotica e muito rara vinda das florestas brasileiras é bela e sensual mas quando a tentamos alcançar ela perde todo o charme e sedução que tinha sido o verdadeiro motivo da busca. Existem tantas espécies de orquideas que chegam a ser milhares,normalmente exitem em lugares com climas tropicais e quanto mais remoto for o local mais raras são as orquideas.A beleza de uma orquidea pode comparar-se aos humanos, obviamente plantas não precisam de explicações e problemas porque as plantas limitan-se a ser o que são. Admiro a beleza das orquideas, são sem qualquer sombra de dúvida a minha flor favorita, por dois motivos: A raridade e a sua simulação. Renathera Storiei é uma orquidea rara em tons vermelho profundo cuja beleza é de tal forma possante que surpreende. É uma flor afrodisiaca, com extrema leveza e variedade, existemn tantas espécies de orquideas que por vezes se pensa que ainda existem algumas espécies que ainda não foram descobertas. Imaculadas como as rosas, mas sem espinhos, as orquideas sao flores exoticas e muito sensível...por vezes comparo-as às mulheres porque na realidade têm imensos traços em comum. Vou inumerar alguns traços em comum: numa primeira perspectiva quando olhamos para uma orquidea vemos uma simples flor, mas à medida que nos aproximamos vemos algo mais.O seu caule é longo e fino, delicadeza e altivez, as suas folhas longas e com um tom verde muito profundo, simbolo de calma e de temperamento moderado. A flor em sí é bela, com recortes simples de enrolados e ao centro o ceptro do poder, como o corpo da mulher cheio de formas elegantes e assimétricas. Uma vez que tocamos na flor sentimos seu perfume, sua gentileza, sua sensualidade, somos invadidos por um desejo imenso que quase se torna impaciente...o exotismo da flor e a prova de altas temperaturas o que demonstrar sinal de controlo e dominio. è uma flor que resiste a altas temperaturas e que se torna poderosa.A cor depende do gosto e do significado das cores, mas eu prefiro vermelho. Em conclusão esta flor é uma desafiadora, com a certeza da vitória, sem medo de enfrentar a delícia e prazer de um jogo de sedução. *

publicado por Mystique** às 22:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. lutar

. sonhos

. Pecado

. pensamentos

.arquivos

. Janeiro 2007

SAPO Blogs

.subscrever feeds